Buscar
  • CEPA Mobility Care

Ebook - Os 5 pilares da inteligência emocional ao volante


Gerente de frota, proporcione mais qualidade de vida e de trabalho para os motoristas da sua

equipe. Os resultados serão surpreendentes.


O mundo não para.

Mesmo diante de uma pandemia de saúde mundial, o motorista continua o seu trabalho, considerado essencial, para abastecer as cidades, o ecommerce, os mercados, padarias, farmácias, entre outros.

Por isso, mais do que nunca, é preciso cuidado com a saúde mental desses profissionais. Um desafio que deve ser prioridade para a segurança e performance de cada um deles e de toda a equipe da empresa.

Profissionais da saúde alertam para as consequências emocionais causadas pela Covid-19, como crises de ansiedade e de pânico, depressão, raiva, revolta e medo.

Além disso, permitir que o motorista descubra os 5 pilares da inteligência emocional ao volante é sinônimo de cuidado, respeito, admiração.


Motorista treinado, capacitado e tranquilo também é sinônimo de bons rendimentos e sucesso nos negócios, pois uma pessoa que conhece as suas emoções e consegue controlá-las têm a possibilidade de adotar condutas favoráveis a si mesmo e a toda a sociedade. Os 5 pilares são:


- Autoconsciência

- Controle das emoções

- Motivação

- Empatia

- Controle das emoções com outras pessoas.


Não há segredo e sim, ética e empatia, lembrando que o motorista tem família e afazeres domésticos que também dependem dele, como levar o filho para a escola, por exemplo.

Esse é um período para repensar ações com mudanças de comportamento e focar no psicológico desses profissionais, afinal, haverá o retorno às atividades ‘normais’, onde teremos mais carros nas ruas e estradas, motoristas com menores prazos, etc.


As emoções estão ‘à flor da pele’ e é preciso aprender a controlá-las, principalmente na retomada.


E sim, é possível e necessária.


Inteligência Emocional ao Volante

O que é a inteligência emocional? Qual sua utilidade na condução de um veículo?

A inteligência emocional é a capacidade de uma pessoa para reconhecer suas emoções, controlá-las e usá-las em seu próprio benefício. Estarmos conscientes do que acontece conosco e da maneira como reagimos diante de determinadas situações é o primeiro passo para o desenvolvimento da inteligência emocional.

Como os 5 pontos da inteligência emocional atuam na direção?

Ter consciência das nossas emoções nos permite reconhecer as atitudes que podemos tomar diante de determinadas situações, e as atitudes negativas podem influenciar o trânsito. (Autoconsciência)

Assim, temos a possibilidade de nos controlar diante de eventos no trânsito que poderiam desencadear nossa raiva, nossa agressividade ou atitudes que não seriam favoráveis a nós mesmos nem aos outros participantes do trânsito. (Controle das emoções)

Ao nos conhecermos, temos a possibilidade de modificar essas condutas e controlar as emoções que sabemos que vão repercutir de forma negativa na direção.

A motivação é o que nos impulsiona rumo às metas. Precisamos ter e aprender a visualizar metas positivas ao volante, por exemplo: "Estão me esperando em casa. Vou dirigir tranquilamente para chegar em segurança e me reencontrar com quem eu amo". Ou então: "Quero chegar em casa para descansar. Se eu evitar o estresse do trânsito e me concentrar em pensamentos positivos, com certeza chegarei menos cansado".

A empatia nos ajuda a ser mais solidários com os outros, a compreender algum erro que o outro possa vir a cometer, a dar preferência aos pedestres, a dar espaço para um veículo que quer ultrapassar, etc. Essas atitudes positivas vão gerar respostas positivas nos demais condutores.

No trânsito, condutores e pedestres interagem uns com os outros. Por isso, temos a possibilidade de estimular atitudes positivas ou negativas no outro, de fazê-lo se sentir irritado ou grato. (Controle das emoções com outras pessoas)

Por exemplo, se diante de um erro de outro condutor eu aperto a buzina insistentemente, com certeza o outro condutor vai ficar irritado, nervoso ou incomodado. Por outro lado, se, diante de um erro de outra pessoa, eu mantenho a calma e tento compreender que todos cometemos erros, o outro condutor ficará mais tranquilo e terá a possibilidade de aprender com aquele erro.

O desejável é que o condutor que cometeu o erro tenha a capacidade de reconhecê-lo e, a partir disso, evite repetir esse comportamento.

Aprender com o erro é aprender a ser melhor.

Direção inteligente, direção segura!

Quer continuar a ler o ebook completo? Basta clicar aqui: https://marketing.br.cepamobilitycare.com/lp-5-pilares para ter acesso gratuito a todo conteúdo!

4 visualizações0 comentário

Siga-nos nas redes sociais

Home

CEPA Store

CEPA no mundo

CEPA Uruguay

CEPA México

CEPA Argentina

CEPA Northern Region (Bogotá)

CEPA Chile

CEPA Netherlands

CEPA Brasil

Praça Chui, 35 - Sala 10 - Vila Ema / Ed. "Max Office" - CEP 12243-380 / São José dos Campos, São Paulo, Brasil

Uruguay - Bvar. Artigas, 462  C.P. 11.300 - Montevideo

Brasil

Colombia - Carrera 46 # 22b -20, oficina 614, Edificio Salitre Office, Bogotá – Colombia.

México - Av. Paseo de la Reforma 404 piso 1 Col. Juárez, Alcaldía Cuauhtémoc C.P. 06600, CDMX, México.

Chile - Badajoz 100, Oficina 424, Las Condes, Santiago. 

Argentina: Avenida Callao 569 Piso 4, Buenos Aires - Argentina. Teléfono: (54) 11 2040 0357

Copyright © 2020 CEPA mobility Care- Todos os direitos reservados. CEPA Centro de Treinamento Ltda. CNPJ: 03.349.658/0001-00